ANA ROSSI

hoje vou contar à vocês

a história de Paulo Freire

esse nosso pedagogo brasileiro

que abriu o alfabeto para os brasileiros

dizendo: aprenda a dizer a SUA palavra

esse nosso menino lá do Nordeste

virou cidadão do mundo, pois

também alfabetizou com o coração

Paulo Freire nasceu em Recife

no ano de 1921

filho de Joaquim Temístocles

e de dona Edeltrudes Neves

começou o curso ginasial

mas seu pai morreu

e por pouco a escola

para ele também morreu

então, o diretor do colégio

transforma Paulo Freire

em auxiliar de disciplina

e, depois, o próprio rapaz

vira, de fato, professor

da língua falada na nossa vida

em 1943, Paulo Freire

entra na faculdade de direito

depois de formado

escolhe ser professor

da língua dos brasileiros

em 1947 vira diretor do setor

de educação e cultura

do serviço social da indústria, e

em 1955, Paulo Freire funda

o Instituto Capibaribe,

“rio das capivaras”,

em língua tupi

uma escola inovadora

na arte da ação educadora

em 1968, vem a pedagogia do oprimido

um dos livros mais importantes de educação

a partir de sua experiência no chile

com educação

livro forte que fala

desses saberes necessários

à toda prática que tem a ver

com indivíduo e conscientização

e, agora, lembro com alegria

algumas frases de Paulo Freire

ninguém liberta ninguém,

ninguém se liberta sozinho,

os homens se libertam em comunhão

e, acrescento, com conscientização

e, para não nos esquecermos jamais

ensinar não é transferir conhecimento,

mas é criar possibilidades para

a sua própria produção ou sua construção

esses são alguns legados

de nosso Paulo Freire cidadão